Navigate back to the homepage

Porque migrei de WordPress para GatsbyJS

Vinicios Clarindo
August 11th, 2019 · 2 min read

Antes de começar notifico que a versão antiga em wordpress, inteiramente criado por mim em 2017 ainda pode ser encontrada por aqui

Porque migrei de WordPress para Gatsby

Bem Vindo(a) a mais um post não se esqueça de beber aquela água antes de iniciar a leitura para ficar hidratada(o).

Então.. o objetivo deste post é reunir e resumir os principais pontos que me levaram migrar o blog de WordPress para GatsbyJS, porém você pode ver a comparação feita no site oficial (muito mais abrangente e técnica por sinal) aqui só terão motivos que fazem sentidos para mim e não devem ser levados para o lado pessoal.

Porque ?

Vamos aos Porquês

“1. React sem cerimônias (Starters).”

Pela framework utilizar ReactJS embutido você só precisa da um clone em um dos “Starters” (assim que chamam os kits iniciais pré configurados) e já sai pronto para publicar artigos(tanto em markdown ou conectando a um banco de dados ou serviço externo como o wordpress). Sem falar velocidade do ReactJS, que principalmente na última versão tem disparado em performance, pela mudanças na sua arquitetura, e por considerar uma ótima oportunidade de praticar ReactJS seja criando componentes ou modificando temas starters como esse que vocês esta vendo.

“2. Markdown é ❤️️.”

Para mim e para muitos programadores o melhor jeito de escrever documentações e artigos para internet, ainda mais com a quantidade estrondosa de processadores que Markdown que convertem ele para qualquer coisa (pdf, html e docx por ai vai). Além disso existem diversos editores que tornam a digitação mais “gostosa” como o Typora que na minha opinião um dos melhores para se escrever artigos.

“3. Modularização e fácil extensão.”

Além de ser simples de ”fazer o setup” e colocar para rodar ele possui uma arquitetura muito bem explicada e documentada. segue um overview da anatomia do GatsbyJS.

“4. O GraphQL

O Gatsby usa o GraphQL para fazer consultas nos dados do servidor que pode ser tanto posts em markdown como API em Wordpress ou dados em json, com isso fica muito simples alterar quais dados devem ser consumindo tendo que lidar somente com a abstração dos dados em graphql.

“5. Velocidade e mais velocidade…”

Como você pode ver na imagem abaixo que resume todo o funcionamento do Gatsbyjs ele meio que abstrai toda informação e Html em vários assets estáticos prontos para deploy no seu serviço de hospedagem favorito. Com isso você ganha em muito em performance e disponibilidade sem ter de perder tempo otimizando quase nada.

Gatsby Architecture

Considerações finais

Basicamente todo o post serve para ser o primeiro post do GatsbyJS e para eu iniciar meus estudos em ReactJS e sua sintaxe já que possuo longa experiência com VueJS, Eléctron e outras frameworks JS

Com isso espero que tenham entendido os motivos (mesmo que sem tecniquês) e que tenham agregado algo positivo a sua jornada.

Aplausos do tio Will

“Se você chegou até aqui você merece aplausos pela paciência e carinho pelo post.”

“Até o próximo post !”

More articles from Vinicios Clarindo - Blog

Integrando Sistemas Legados com RabbitMQ e API Rest

Abordo nesse artigo sem delongas como idealizei a integração dentre sistemas legados com um sistema distribuído e facilmente escalável.

September 11th, 2019 · 2 min read

Porque migrei de WordPress para GatsbyJS

Com uma comunidade crescente interessada no Gatsby, e com as Vantagens e facilidades apresentadas pelo framework ficou interessante mudar...

August 11th, 2019 · 2 min read
© 2019 Vinicios Clarindo - Blog
Link to $https://twitter.com/vinicioslcLink to $https://github.com/vinicioslcLink to $https://instagram.com/vinicioslcLink to $https://www.linkedin.com/in/vinicioslcLink to $https://dribbble.com/vinicioslc